Notícias


Imot comemora oito anos da nova sede

A história do Imot teve início em 1976, quando os ortopedistas Pedro Ribeiro e Luiz Antônio Villela de Lima resolveram apostar em uma clínica ortopédica em Mogi das Cruzes. Mas embora o Instituto já ultrapasse a longínqua marca dos 40 anos, um episódio bastante significativo marcou a trajetória do Imot: a inauguração da nova sede, em 2009.

Localizado no número 433 da Rua Otto Unger, no Centro de Mogi, o edifício sede do Imot tem quatro pavimentos. No subsolo, está localizada a piscina aquecida utilizada para hidroterapia, que conta com tratamento de Íons de Prata, mantendo a água livre de cloro e evitando a desidratação dos olhos, pele e mucosas do paciente.

Já no piso térreo estão os consultórios de ortopedia e pronto‐atendimento, além dos ambulatórios e salas de Raio-X. “E é nesse espaço que veio a nossa principal mudança. Hoje, todo nosso sistema de atendimento é informatizado. Foi um ganho de tempo e de qualidade extremamente importante, tanto para nós médicos, quanto para o paciente”, conta Rossini Tavares de Lima, um dos atuais sócios-proprietários.

Os ganhos qualitativos também se reverteram em quantitativos. Com mais espaço, a nova sede acomoda mais confortavelmente mais pacientes. “Existe uma sala de espera adequada para cada setor do prédio”, frisa Lima, ao acrescentar que o bem-estar do paciente é prioridade para a equipe, desde a recepção até a saída da clínica. Afinal, este é um dos pilares que sustentam a ideologia do Instituto: um atendimento moderno, mas altamente humanizado.

Com a estrutura da nova sede, o Imot conseguiu incorporar alguns serviços novos, como a Acupuntura, a Hidroterapia, o RPG, a Mecanoterapia, a crioterapia e Terapia de Ondas de Choque, sem contar com o Imot Sports, Instituto Trata, Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral (ITC), que estão no segundo andar do prédio.

A diversidade na estrutura e nos equipamentos faz com que o Imot atinja um nível de excelência, contando com especialistas em todas as áreas da Ortopedia. “Ou seja, não há necessidade de um paciente ser transferido para outro local”, explica Lima.

Acrescenta-se a tudo isso o fato de que o Pronto-Atendimento funciona diariamente das 8 às 22 horas, sempre com ortopedista de plantão no local. “Comemoramos esses oito anos de sucesso, mas sabemos que podemos nos aprimorar sempre. Nossa atualização e capacitação é constante, desde a equipe de médicos, que participa sempre de congressos internacionais para acompanhar o que surge em novas abordagens clínicas ou cirurgias, até os treinamentos de funcionários. Aliás, este é um outro ponto de destaque para a nova sede: os colaboradores contam com refeitório e vestiários muito melhores. São melhores instalações de trabalho para todos”, revela.

Além do fundador Pedro Ribeiro e Rossini Tavares de Lima, que passou a integrar a equipe em 1981, o Imot ainda conta com outros sócios. São eles: Marcos Nali, desde 1993; Flávio Samea, desde 1994 e Alexandre Nogueira, desde 2002.

 

 

Mogiano

Rossini faz questão de lembrar que Mogi das Cruzes foi a cidade que acolheu a iniciativa ainda incipiente e experimental do Imot desde os primeiros anos de funcionamento da clínica. E que, por isso, toda a equipe é extremamente grata à cidade. “Nosso esforço para oferecer um espaço de qualidade para os mogianos é algo que fazemos com orgulho e gratidão. Devemos isso aos mogianos”, aponta o ortopedista.

O laço do Imot com a cidade é visível, ainda, nos patrocínios que a clínica realiza incentivando o esporte amador e profissional da cidade. Atualmente, o Instituto é patrocinador oficial do time do Corujinha, de futebol, e do Mogi Basquete.

 

 

 





DEPOIMENTOS
Pronto
Atendimento